parte 2 parte 2 parte 2
MENU
  • A IMPORTÂNCIA DA FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA

    a-importancia-da-fotografia-na-odontologia

    É uma das poucas vezes que escrevo sobre a importância da fotografia na odontologia, geralmente discorro sobre técnicas, equipamentos e a tecnologia envolvida.

    O motivo de escrever pouco sobre o quanto é importante fotografar na odontologia, dessa vez me fez lembrar o meu tio: quando eu estava ingressando na faculdade ele já estava aposentado, e me relatou que em seu tempo usava-se luvas apenas para cirurgias. Na época listei vários motivos descrevendo o quanto é importante usar luvas de procedimento durante o atendimento clínico.

    Hoje pareceria um absurdo alguém escrever sobre a importância do uso de luvas para qualquer procedimento clínico, e é dessa forma que me sinto ao escrever sobre a importância da fotografia odontológica. Provavelmente, em pouco tempo fotografar será tão natural quanto calçar luvas para atender.

     

    A grande diferença é que hoje a tecnologia avançou tanto que fotografar na odontologia não é mais luxo ou necessidade apenas dos professores ou alunos de mestrado e doutorado. O acesso fácil às câmeras digitais, celulares e a informação instantânea permitiu inclusive alunos de graduação fotografarem. Na época do filme, fotografar era algo muito trabalhoso, além de caro, o que a restringia a poucos profissionais. Dessa forma, não podemos nos dias de hoje usar o preço ou a dificuldade como uma desculpa para não fotografar.

     

    Deveríamos fotografar todos os pacientes que entram em nossa clínica por dois motivos básicos: documentação e venda (planejamento). O paciente, ao entrar no consultório deve ser fotografado para que o profissional possa planejar o caso, apresentar uma proposta, e em suma vender o tratamento.  A nossa profissão é um serviço que não está pronto, não é como escolher uma roupa que já está lá e você pode escolher por qualidade e gosto. A fotografia servirá para deixar o tratamento tangível, isso quer dizer que você pode através da foto mostrar ao paciente o que deverá mudar, como poderá fazê-lo e mais recentemente prever um possível resultado através de um planejamento virtual. Além também de poder mostrar o que é uma coroa, um implante, faceta ou tratamentos já realizados para dirimir dúvidas.

     

    Após ser apresentado o plano de tratamento, o valor e o paciente aceitar o proposto, então devemos fotografar independente do procedimento que será realizado pelo simples fato de documentar e armazenar em meio digital, tanto ao começar quanto ao terminar o caso clínico. A fotografia pode, inclusive ser utilizada para comprovar em casos judiciais.

     

    Durante o tratamento devemos também continuar a fotografar para acompanhar a evolução do caso clínico documentalmente, bem como é de enorme importância fotografar para se comunicar com um laboratório de prótese. Hoje não vejo como fazer qualquer tratamento protético sem fotografar, e aqui chego onde comecei, se eu não fotografar para o laboratório seria como não usar luvas para atender o paciente.


Prof. Dr. Ivan Yoshio