parte 2 parte 2 parte 2
MENU
  • PRIMEIRA VISITA AO DENTISTA: PESQUISA DA FDI REVELA DADOS ALARMANTES

    primeira-visita-ao-dentista:-pesquisa-da-fdi-revela-dados-alarmantes

    No mês de março comemoramos o Dia Internacional da Saúde Oral, e nesta importante data a FDI (World Dental Federation) publicou uma interessante pesquisa sobre a saúde bucal na infância.

     

    Segundo a Associação Brasileira de Odontopediatria (ABOPED), visitar o dentista regularmente, da fase de lactação até a adolescência é fundamental para manter a saúde oral. No entanto, a pesquisa revelou que na prática essa orientação não está ocorrendo de maneira satisfatória.

     

    O estudo foi realizado em 10 países, e entrevistou pais com o objetivo de saber como eles cuidavam da saúde bucal de seus filhos. Dentre os pais que possuem filhos com menos de 18 anos, a maioria das crianças visitaram o dentista pela primeira vez quando tinham entre um e três anos de idade (24%) ou entre quatro e seis anos (22%).

    Outro dado preocupante é que 20% dos entrevistados disseram nunca ter levado seus filhos para uma visita de rotina ao dentista. E somente 13% dos pais contaram que levaram seus filhos ao dentista antes de completarem um ano de idade.

     

    Em relação ao motivo da visita ao dentista, 50% dos entrevistados relataram que levam seus filhos ao dentista regularmente para um check-up odontológico. A consulta de rotina se apresentou como o motivo mais comum no Reino Unido (82%), Suécia (77%), Argentina (65%), França (63%), Estados Unidos (63%), Austrália (56%) e China (34%). Já no Egito, Filipinas e Marrocos a visita ao dentista é mais comumente realizada devido à dor ou ao desconforto sentido pelo paciente, sendo que nestes países os índices chegam a 56%, 43% e 38%, respectivamente.

     

    Outra orientação recomendada pela ABOPED é que a higiene bucal das crianças sejam sempre realizadas com a presença de um adulto para evitar acidentes como quedas e afogamentos, ou ainda a ingestão exagerada de produtos como pasta de dentes e líquidos para bochechos. Neste sentido, quase metade da amostra (43%) disseram que garantem pessoalmente que seus filhos escovem os dentes antes de dormir.

    O estudo mostrou ainda que 40% dos pais supervisionam ou supervisionaram a escovação de dentes de seus filhos duas vezes por dia e 38% disseram que limitaram alimentos e bebidas açucaradas na dieta de seus filhos com o objetivo de evitar doenças.

    Em relação a primeira infância, que compreende os primeiros 6 anos de vida da criança, apenas 26% dos pais relataram ter limpado pessoalmente os dentes de seus filhos assim que o primeiro dente nasceu, e 8% mencionaram ter incentivado os seus filhos a usarem protetor bucal para praticar esportes.

     

     

    Sobre a pesquisa

    Os dados da pesquisa foram coletados entre o dia 30 de janeiro e 8 de fevereiro deste ano através de formulário online. 11.552 adultos responderam ao questionário, sendo que 4.056 eram pais com filhos menores de 18 anos.

    Os países que participaram da pesquisa foram Reino Unido (468), Austrália (311), Egito (463), Filipinas (506), França (357), EUA (295), Marrocos (386), Suécia (272), China (529) e Argentina (469).

    Para ver o Press Release Multimídia, clique aqui.

     

    Gostou da dica de hoje ou tem alguma sugestão de pauta para o nosso Blog? Entre em contato pelo nosso site ou pelas nossas redes sociais: Facebook e Instagram.