parte 2 parte 2 parte 2
MENU
  • COMO EVITAR DOR DE DENTE DURANTE VOOS

    como-evitar-dor-de-dente-durante-voos

    Você possui pacientes que sempre viajam a trabalho ou que pretendem fazer uma viagem de férias em breve? Já pensou em orientá-los sobre como evitar a dor de dente durante às viagens de avião?

     

    Conhecida por ser uma dor muito intensa, a dor de dente pode estragar os planos de viagem de qualquer um. E a situação pode piorar quando ela se manifesta dentro do avião, que é um local onde seu paciente provavelmente não encontrará a ajuda de um profissional para resolver seu problema.

     

    Por que isso acontece?

    A dor pode se manifestar ou piorar durante um voo devido aos fatores atmosféricos que fazem alguns problemas bucais se agravarem, como a baixa quantidade de oxigênio, a diminuição da pressão atmosférica, baixas temperaturas e baixa umidade do ar.

    Segundo especialistas, esse ambiente é capaz de acentuar sintomas de problemas na polpa do dente, provocando dores mais intensas.

     

    Para evitar o estresse, o indicado é realizar as consultas periodicamente, mas se seu paciente pretende viajar por mais tempo, vale a pena um checkup mesmo se estiver com tudo em dia.

    Explique a ele que exames clínicos e radiográficos poderão ajudar a verificar se há algum problema bucal. Nestes casos, a prevenção pode evitar grandes transtornos!

     

    O que fazer quando a dor surgir?

    Se o seu paciente já viajou e a dor de dente apareceu, você pode dar algumas dicas para que ele amenize a dor até que o atendimento seja realizado, como tomar analgésicos; manter a calma, pois o nervosismo pode intensificar a dor nestes casos; dar preferência para alimentos mornos e frios, e evitar alimentos e bebidas quentes; não enxaguar a boca com antissépticos antes de ser diagnosticado; e claro, agendar com urgência uma consulta assim que o voo aterrissar, ou que ele retornar de viagem - em casos de viagens mais curtas.

     

    Vale lembrar que como esses fenômenos estão ligados as mudanças barométricas, a dor de dente também pode se manifestar em mergulhos, escaladas, ou ao acesso a qualquer tipo de ambiente onde a mudança atmosférica ocorra.

    Oriente seus pacientes a sempre realizar as consultas periódicas. A prevenção é sempre o melhor remédio!

     

    Gostou da dica de hoje ou tem alguma sugestão de pauta para o nosso Blog? Entre em contato pelo nosso site ou pelas nossas redes sociais: Facebook e Instagram.